FMZ A Rádio
da Família

Prefeitura de Domingos Martins determina retirada de objeto em frente à Pedra Azul

 

Um objeto estranho chamou a atenção de moradores de Domingos Martins, na região Serrana do Espírito Santo. Em frente à Pedra Azul, um dos maiores cartões postais do Estado, havia no últimos dias uma estrutura metálica com folhas de palmeira. 

 

Trata-se de uma torre de telefonia móvel 5G da companhia Vivo, instalada ali durante o fim de semana. Tudo começou quando o jornalista e fotógrafo Gabriel Lordêllo publicou um vídeo nas redes sociais, que mostrava a "torre-palmeira". Ele afirma que a publicação foi feita pra chamar atenção das autoridades para que retirassem o objeto do local. 

 

"Eu já tinha visto a postagem de alguém relatando ter visto aquilo. Estive na Pedra Azul semana passada e avistei aquele objeto, fiquei curioso para saber como permitiram que fosse colocado ali. A Pedra é um patrimônio natural do Espírito Santo, imagino que exista algo para proteger o visual. Aquilo é um coqueiro falso que foi colocado ali", disse o fotógrafo. 

 

A preocupação dele era de que mais torres como aquela fossem colocadas no local, impedindo que moradores e turistas pudessem visualizar e fotografar a Pedra Azul. 

 

"Pode ser que comecem com uma, depois outra e se torne uma tendência e impeça que as pessoas possam ver a pedra. Há inclusive muitas moradias particulares que chegam até a Pedra, que não sei como ainda não foram desapropriadas. Aquilo deveria ser uma área de preservação", completou. 

 

A reclamação de Lordêllo é a mesma de alguns moradores e turistas, que a torre influencie diretamente na paisagem, causando poluição visual e privando os visitantes da vista do cartão-postal. 

 

O Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo (Iema) foi até o local e identificou a origem do objeto. Segundo o Instituto, a instalação deste tipo de equipamento é de responsabilidade municipal e dispensa licenciamento ambiental. 

 

"O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) informa que o licenciamento da atividade de instalação de torres e estações de telecomunicações é de competência municipal e encontra-se na relação de atividades consideradas dispensadas de licenciamento ambiental", afirma a instituição por nota. 

 

De acordo com a Prefeitura de Domingos Martins, a empresa de telefonia já pagou os impostos referentes à instalação do objeto, mas o projeto ainda se encontra em tramitação e não foi emitido o alvará de execução da obra. 

 

Na mesma nota, a prefeitura relata que o objeto causou poluição visual e será retirado do local, e a empresa responsável será notificada a realizar a realocação. Confira o posicionamento na íntegra:

 

"A Prefeitura apurou o fato noticiado e a Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Urbano informou que o poste em questão é uma antena de internet 5G da operadora Vivo. Embora a empresa já tenha pago os impostos referentes à instalação do equipamento e o projeto esteja EM TRAMITAÇÃO, ainda não foi emitido o alvará para execução da obra. Quanto à localização da antena, o Parque Estadual Pedra Azul afirmou que, de fato, há poluição visual no local, gerando grande prejuízo para o cenário moldado pela natureza. O equipamento não poderá permanecer onde está e a empresa responsável será notificada a realocar a antena para uma localidade adequada seguindo as orientações do IEMA. Espero ter sanado as dúvidas trazidas pelo e me coloco à disposição para esclarecimentos futuros reiterando o compromisso da Prefeitura de Domingos Martins com a População."

 

Com informações do site Folha Vitória.

Confira mais Notícias

Semeando Valores

Venda Nova realiza a 3ª Semana da Integridade nesta quinta-feira (7)

Expediente

Prefeitura de Venda Nova com novo horário de funcionamento em dezembro

Educação

Venda Nova divulga edital para vagas remanescentes em creches para 2024

Ambrósio Falquetto morre aos 103 anos em Venda Nova do Imigrante

CNH

Detran-ES alerta: prazo para regularização do exame toxicológico vai até 28 de dezembro

Treinamento

Servidores de Venda Nova participam de treinamento integrado para combate a incêndios

Calor

El Niño: pesquisadores preveem mais calor no Sudeste e Centro-Oeste

Ação Social

Venda Nova promove campanha de combate à violência contra a mulher