FMZ A RÁDIO DA FAMÍLIA

Home Notícias Educação

Educação

21.09.2018


Coopeducar recebe prêmio por seus projetos em favor do meio ambiente

 

 

 

A dedicação à sustentabilidade e à cidadania renderam um belo prêmio para a Coopeducar.  A escola recebeu, na noite desta quinta-feira (20), o troféu do Prêmio Biguá de Sustentabilidade. O reconhecimento foi por conta do empenho da escola em oferecer aos alunos e a toda a comunidade a consciência ambiental voltada para a cidadania. 

 

"A Coopeducar encantou e ficou em primeiro lugar entre as escolas. Ficamos muito honrados em receber o prêmio e ver que nossos alunos estão aprendendo e colocando em prática a consciência ambiental. Foram vários projetos que resultaram na premiação e queremos continuar a trabalhar, junto com nossas crianças e adolescentes, o respeito ao meio ambiente", ressalta o vice-presidente da Coopeducar, João Fábio Zandonadi. 

 

Segundo o diretor da Coopeducar, José Adelson Viçosi, o prêmio veio para coroar 18 anos da história da instituição. "É uma emoção o reconhecimento do trabalho da Coopeducar. Sempre tivemos preocupação com a área ambiental e esse reconhecimento gera a visibilidade para tudo o que a cooperativa faz", comemora. 

 

Segundo Viçosi, o prêmio foi para o programa principal, o Semeando ideias, colhendo resultados. A partir deste projeto principal, 18 outros projetos foram implantados ao longo do tempo na escola. "Todos os alunos, desde as crianças até os adolescentes, participam de um dos projetos", conta. 

 

Na prática, a escola ensina, de forma simples e que pode ser aplicada no dia a dia, modelos, ideias e práticas para preservar o meio ambiente.  O programa é desenvolvido por meio de palestras, visitas, caminhadas e conversas. A escola possui uma estação própria de geração de energia elétrica solar, coleta seletiva, compostagem, horta orgânica, aquaponia, ações de reflorestamento, captação e armazenamento de água da chuva, coleta de óleo usado, entre outros. 280 alunos participam do projeto. 

 

O Prêmio Biguá é uma iniciativa da regional sul da TV Gazeta. O projeto existe desde 2012 e reconhece ações de recuperação e preservação ambiental desenvolvidas por escolas, sociedade civil, prefeituras e produtor rural. 

 

Semeando ideias

 

Em um dos projetos que buscam valorizar a ação de crianças e adolescentes em prol do meio ambiente, os alunos da 2ª série do ensino médio, junto com a professora de física Marcela Nicoli e do professor de Biologia Tiago Altoé construíram, com o reaproveitamento de muitos materiais, o primeiro sistema de aquecimento hidráulico solar da escola. A proposta, além de apresentar mais um projeto relacionado à sustentabilidade, busca o aproveitamento energético solar para o aquecimento de água, e será utilizado durante o processo de ensino das disciplinas de Física, Biologia e Educação Ambiental e, também, para o aquecimento da água utilizada na pia da cantina da Escola. 

 

Segundo Marcela Nicoli “o projeto possibilita colocar na prática os conceitos físicos aprendidos em sala de aula, fazendo a ligação entre conteúdo escolar e cotidiano. Muito estimulante, tanto para os alunos quanto para nós, professores, vê-los percebendo a importância do ensino para utilidades na nossa vida.” 

 

Para a realização da atividade a escola contou com o apoio do engenheiro mecânico Paulo Sérgio Uliana que, atualmente, está cursando mestrado na Universidade Federal de Minas Gerais, e também do arquiteto Tiago Favilla Lobo. 

 

Segundo Paulo Uliana “foi muito bacana ter participado da montagem do Aquecedor Solar de Baixo Custo (ASBC) na escola. Os alunos estavam muito engajados para a construção de algo novo. O ASBC é uma tecnologia nacional e de patente livre, e merece ser mais disseminada, já que é sinônimo de sustentabilidade e economia para as famílias, além de ser uma possibilidade de geração de renda com a sua fabricação e fácil instalação.” 

 

Vale lembrar que a escola já tem uma estação de produção de energia elétrica através do sistema de placas fotovoltaicas e todo consumo elétrico é proveniente da energia produzida por esta usina, através da luz solar. Os projetos continuam e a escola segue avançando na temática ambiental.

 

 

 

 

 

Comentários Facebook


 

 


Facebook


Twitter


Clima

(28) 3546-3068

radiofmz@radiofmz.com.br

 

Av. Ângelo Altoé, 886 - Ed. Esmig - Sala 01 - Centro - CEP - 29375-000 - Venda Nova do Imigrante (ES)


© 2017 Rádio FMZ. Todos os direitos reservados.