FMZ A RÁDIO DA FAMÍLIA

Home Notícias Cultura

Cultura

18.12.2019


Com sobras de madeira, morador da Bicuíba produziu e espalhou 30 renas pela cidade

Nenno Conceição trocava as peças de lugar durante a noite para que, no dia seguinte, as pessoas tivessem a sensação de que as renas se movimentavam em direção à Praça Dom Bosco.

 

 

 

 

As diversas renas de madeira vistas pela cidade de Venda Nova do Imigrante foram produzidas por Valdeci da Conceição, popularmente conhecido como “Nenno Conceição”, morador do bairro Bicuíba. Ao todo, são 30 réplicas dos animais que puxam o trenó do Papai Noel que estão espalhadas pela Vila Betânea e nas gramas em trevos de ruas e avenidas da cidade.

 

Nenno, que também é um dos organizadores da Semana Natalina da Vila Betânea, não se considera um artesão e lembra que a ideia de produzir as renas surgiu em uma conversa com a amiga Luciana Vilastre, servidora da Biblioteca Municipal. “Conversei com Luciana por meia hora. Ela disse que sempre quis fazer um natal assim com materiais recicláveis. Eu tinha em casa as ferramentas e as coisas para fazer. A ideia era produzir um enfeite diferente que não teria gastos, porque acho que no Natal é possível fazer as coisas sem gastos, reciclando”, contou  Nenno.

 

Além de produzir e distribuir os animais pela cidade, ele trocava as peças de lugar durante a noite para que, no dia seguinte, as pessoas tivessem a sensação de que elas se movimentavam em direção à Praça Dom Bosco.

 

“Os materiais utilizados foram sobras de madeiras e coisas simples. Algumas madeiras que haviam sido queimadas foram reaproveitadas para evitar o corte de galhos de árvores. As tampinhas de garrafa pet que se transformaram nos olhos das renas foram doadas pela Associação de Catadores de Venda Nova do Imigrante (Ascaveni)”.

 

Nenno, que trabalha como vidraceiro e serralheiro, também realiza trabalho voluntário em escolas, como limpeza de telhados e troca de pisos. Ele também recolhe doações de doces e materiais para serem distribuídos para as crianças que sempre foram o foco de seu trabalho.

 

“Conseguimos fazer essas renas sem custo para a criançada ver um natal diferente. Faço um agradecimento à amiga Luciana Vilastre e também à minha esposa que é minha estrutura nessa jornada toda; agradeço a Deus e a todas as pessoas que estão comigo, trabalhando com o mesmo foco”, finaliza Nenno.

 

 

 

 

 

 

Comentários Facebook


 

 


Facebook


Twitter


Clima

(28) 3546-3068

radiofmz@radiofmz.com.br

 

Av. Ângelo Altoé, 886 - Ed. Esmig - Sala 01 - Centro - CEP - 29375-000 - Venda Nova do Imigrante (ES)


© 2017 Rádio FMZ. Todos os direitos reservados.