FMZ A RÁDIO DA FAMÍLIA

Home Notícias Cidades

Cidades

11.12.2007


E choveu. Olha a lama que deu

Trecho da Estrada de Lavrinhas fica intransitável toda vez que chove, interrompendo até as caminhadas no acostamento

 

 

 

? Por Leandro Fidelis

Chove e o problema é o mesmo: um trecho da Estrada Lavrinhas, toda asfaltada, fica intransitável com lama a um palmo de altura. Moradores, motoristas e praticantes de caminhadas pedem providências.

Domingo passado, a reportagem da FMZ fotografou o local. Carros e motos deslizam com facilidade no lamaçal. Um carro da Prefeitura de Venda Nova limpou a área, mas basta chover para a lama rescindir. Os moradores afirmam que a terra vem de um terreno aberto, abaixo do Residencial Bounganville.

O pedreiro Nelson Mistura está construindo sua casa na estrada. Ele já é morador do bairro e diz que os vizinhos estão fazendo um abaixo-assinado para encaminhar às autoridades. ?Moro numa rua não calçada e não adiantou construir numa de asfalto. Saí do barro para vir para outro barro?.

Moradora há oito anos, a dona de casa Benedita da Silva, 63, fica ilhada toda vez que chove a ponto de não conseguir ir a casa da filha, a cerca de 4 metros. ?Tenho que cancelar as caminhadas. Minha filha tira o chinelo para passar na lama se quiser ir à minha casa?, relata.

Já a estudante Lara Antoniazzi, 12, conta que tomar a estrada da matinha como atalho se quiser chegar ao Centro da cidade, o que não a deixa livre da lama. ?Ainda bem que vou à escola de carro com meu pai. Às vezes tenho pago multa na locadora de vídeos porque não consigo sair de casa?.

De acordo com o secretário Municipal de Obras, Onécimo Falqueto, o problema em Lavrinhas acontece porque as caixas secas abertas recentemente não absorvem toda a água vinda do terreno. Disse ainda que o proprietário deve tomar providências.

Procurado por nossa reportagem, o proprietário Dalton Perim informou estar resolvendo junto à Prefeitura. Segundo Dalton, não é possível cercar a água oriunda do morro onde fica o Residencial Bounganville. ?Para minimizar, instalamos várias caixas secas e a água está descendo pelas manilhas. Na próxima chuva, acredito que não haverá problemas?.

Ainda de acordo com o proprietário, ele estuda com a Secretaria de Obras a construção de bueiros sob o asfalto para a água pluvial descer para o rio. As obras devem começar em breve.

 

 

 

 

 

Comentários Facebook


 

 


Facebook


Twitter


Clima

(28) 3546-3068

radiofmz@radiofmz.com.br

 

Av. Ângelo Altoé, 886 - Ed. Esmig - Sala 01 - Centro - CEP - 29375-000 - Venda Nova do Imigrante (ES)


© 2017 Rádio FMZ. Todos os direitos reservados.