FMZ A Rádio
da Família

Agricultor quer ter o 1º Museu dos Cartazes

* Por Leandro Fidelis

Que valor tem um cartaz depois que a festa já passou? Para um agricultor de Monte Alegre, a 4 km de Vila Pontões, zona rural de Afonso Cláudio, trata-se de objeto digno de coleção.

Paulo Henrique de Souza, 35 anos, gosta tanto de cartazes a ponto de construir um cômodo do lado de fora da casa para guardar os quase 5.000 cartazes que juntou ao longo dos anos. Ele quer que ali seja o “Museu dos Cartazes”.

Solteiro, filho único e morando com os pais, ficou conhecido pelo apelido “Paulinho dos Cartazes”. Basta chegar à vila e perguntar que todo mundo sabe onde encontrá-lo: na rua procurando novidades afixadas nas paredes.

Os cartazes não têm grandes atrativos. O mais importante para ele é de uma banda que ninguém conhece. Paulinho passa quase diariamente nos correios pra ver se alguém mandou alguma novidade pra ele.

“Muita gente ajuda minha coleção mandando os cartazes diferentes que eles encontram”, conta exibindo seus cartazes como peças valiosas que “não vende por preço nenhum”.

Paulinho deixa a mãe de cabelo em pé. Dona Alzira, de 83 anos, só não se conforma de ver cartazes debaixo da cama. “Custei a acostumar com essa mania, mas se é o que ele gosta, por que achar ruim?”.

O “Paulinhos dos Cartazes” ficou tão conhecido que vai aparecer no “Fantástico”. A equipe do quadro “Me Leva Brasil”, com Maurício Kubrusly, fez uma matéria este mês com o personagem. A Rádio FMZ fez o contato com a produção e acompanhou a excursão pela Região Serrana.

A cada semana publicaremos uma matéria com estes personagens curiosos das montanhas capixabas!

Confira mais Notícias

Definido calendário do IPVA 2024 para o Espírito Santo

Governo do Espírito Santo anuncia pagamento de abono salarial em dezembro

Procon-ES alerta quanto às armadilhas do verão

Secretaria Estadual de Educação realiza processo seletivo para Cuidador

Nova espécie de planta é descoberta no Espírito Santo

Novos pároco e vigário da Paróquia São Pedro tomam posse em Venda Nova

Transportadores de cargas têm até dia 31 de janeiro para se tornarem MEI Caminhoneiro

Parque Estadual do Forno Grande recebe exposição fotográfica `Aves de Caetés´