FMZ A Rádio
da Família

Faltas

Alto índice de pacientes faltosos desafia a Secretaria de Saúde de Venda Nova

O município de Venda Nova do Imigrante enfrenta um desafio recorrente na área da saúde relacionado ao alto índice de pacientes faltosos tanto para consultas e exames gratuitos nas unidades locais quanto para atendimentos especializados na Grande Vitória. Este problema se tornou evidente recentemente, quando uma Van programada para transportar mais de 20 pessoas para a capital saiu com apenas metade da capacidade. Só no ponto de partida em frente à prefeitura, dos oito pacientes agendados, apenas um compareceu. 

No primeiro trimestre deste ano, as ausências atingiram um número alarmante, totalizando 2.056 pacientes faltosos em todas as unidades de saúde do município. Desse total, 750 foram casos de pacientes que não compareceram às consultas médicas. Além desses, 76 faltaram aos compromissos em Vitória para exames e consultas especializadas. 

Um exemplo concreto dessa situação foi o caso de um paciente da Vila da Mata que faltou três vezes no mesmo mês, privando outras pessoas que necessitavam desses serviços. As faltas ocorrem em consultas médicas, odontológicas e especializadas, além de exames como o eletrocardiograma. Maxwel Zulcão, o motorista encarregado do transporte para consultas e exames em Vitória, realizou um levantamento em 2023, revelando que mais de 1.800 pacientes faltaram das 1.646 viagens realizadas, representando cerca de 10% do total de pacientes no ano passado, que foi de 18.187.

“O recado é evitar confirmar se não sabe se vai. Se o paciente não pode viajar, deve avisar com antecedência até o meio-dia do dia anterior à viagem. No ano passado, foram 1.800 vagas que poderiam ser preenchidas por outros moradores. Conforme o protocolo, cada Unidade de Saúde realiza ligação por telefone para confirmar e, respondendo positivamente, os pacientes são inseridos na lista de transporte. E ainda assim o número de faltosos é absurdo”, disse Zulcão.

A secretária Municipal de Saúde, Solange Mauro, expressa preocupação com a situação, destacando a importância de um compromisso mútuo entre a população e os serviços de saúde. “Se o paciente tem uma intercorrência e não vai conseguir ir à consulta, é só avisar com antecedência para encaixar outro paciente. Mesmo que se coloque dez médicos atendendo, a Secretaria de Saúde não vai dar conta se os moradores continuarem com essa prática que causa atrasos e acaba gerando danos aos cofres públicos e aos munícipes”.

Da mesma forma, Rosaria Andrião, enfermeira da Estratégia de Saúde da Família, ressalta a necessidade de conscientização por parte dos usuários, enfatizando a importância do cancelamento antecipado de consultas e exames. “O paciente que falta a consulta e que não verifica seus compromissos agendados não tem consciência que sua falta pode acarretar prejuízo a ele próprio, pois aquele momento está sendo dedicado aos cuidados com sua saúde e também pelo profissional. Infelizmente ficou vago o horário, que poderia ter sido preenchido por outras pessoas que precisam do atendimento”.

Esse problema não se restringe apenas à área da saúde. Observa-se também na marcação para emissão de documentos na Sala do Empreendedor e do Cidadão. Portanto, é crucial que a comunidade compreenda sua responsabilidade na manutenção do sistema de saúde e de outros serviços públicos, respeitando os compromissos agendados e desmarcando com antecedência quando necessário. Essa atitude não só beneficia a própria saúde, mas também permite que outros cidadãos tenham acesso aos serviços de forma mais eficiente e equitativa.

Com informações da Prefeitura de Venda Nova do Imigrante.

Confira mais Notícias

Saúde

Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite vai até 14 de junho

Saúde

Projeto Conviver: hidroginástica proporciona saúde e bem-estar para os idosos em Venda Nova

Saúde

Dia D de vacinação contra Influenza acontece neste sábado (13)

Saúde

Dengue: Brasil tem mais de mil mortes em investigação

Vacinação contra a Dengue amplia faixa etária em Venda Nova

Instituto Nacional de Cardiologia alerta para aumento da obesidade

Dengue

Espírito Santo é referência para ações do Dia D contra dengue neste sábado (02)

Saúde

Venda Nova inicia vacinação contra a Dengue em crianças