FMZ A Rádio
da Família

Andarilhos abordam moradores

•Por Leandro Fidelis

Há pelo menos uma semana, um grupo de sete andarilhos, dentre eles um deficiente físico, está acampado em frente à catequese da Igreja Católica em Venda Nova. A cena, que costuma sensibilizar com a chegada do Natal, se repete com freqüência na cidade e incomoda os moradores.

Muitos dizem terem sido abordados pelo grupo, que pede esmola e ameaça quem nega. Até crianças são insultadas. No início da semana, transeuntes presenciaram uma briga de faca entre os moradores de rua. Há também quem já viu um deles usando drogas. No entanto, a Polícia não foi comunicada dos supostos incidentes.

“Eles disseram que vêm para Venda Nova porque ganham tudo aqui. Ainda insultam quem não dá esmola”, disse uma moradora.

A Igreja já forneceu cesta básica e orientou os andarilhos a procurarem a Ação Social da Prefeitura. Diariamente, eles vão à secretaria da Paróquia pedir ajuda.

Na Prefeitura, o atendimento ao público está suspenso devido o fechamento da contabilidade do ano de 2007. Uma assistente social informou que, com a falta de abrigo para andarilhos no município, resta à Ação Social fornecer as passagens de ônibus para a cidade de origem. “Não damos cestas básicas, só passagens. Eles disseram ser de Castelo, mas infelizmente não temos como ajudá-los”.

Apesar dos relatos sobre brigas entre os moradores de rua, a delegada Maria Elisabete Zanoli disse que não recebeu denúncia.

Confira mais Notícias

Moradores de Venda Nova do Imigrante vão às ruas pelo fim da violência contra a mulher

Conscientização

“Marcha para Elas”: Venda Nova realiza passeata em combate à violência contra a mulher nesta segunda (15)

Emprego

Confira as vagas de emprego em Venda Nova do Imigrante e região

Tempo

Ministério da Saúde alerta para baixas temperaturas no Sul

Cidades

Últimos dias para se inscrever no Concurso de Fotografia de Venda Nova

Venda Nova assina termo de concessão de imóvel para Polo de Segurança Pública

Fenecon 2024 vai agitar Conceição do Castelo e esperar atrair 25 mil pessoas

Dom Luis Fernando celebra rito de dedicação do altar na Igreja de São João de Viçosa