FMZ A Rádio
da Família

Café: Castelo leva de novo prêmio de qualidade

•Por Leandro Fidelis

Domingos Sávio Lopes e o filho Edvaldo, de Castelo, são os ganhadores da 7ª edição do Prêmio Cafuso/UCC de qualidade de café. O cheque de R$ 20 mil foi entregue aos produtores no encerramento do concurso, sábado, na Pousada Pedra Azul. Em 2006, um castelense também foi o vencedor.

Ao premiar a dupla, a organização destacou que os critérios sócio-ambientais na produção foram decisivos no resultado. Eles receberam 39 pontos na auditoria e 56,8 referentes à qualidade do grão, somando 95,8.

O 2º colocado é Gilson Pim, de Vargem Alta, que faturou R$ 15 mil. Na soma das duas notas, a diferença foi de 4 décimos em relação ao 1º lugar. O 3º lugar ficou com Luís Pesca, de Venda Nova, ganhador de R$ 10 mil (Confira lista de ganhadores abaixo).

Também receberam prêmios em dinheiro até o 35º colocado, numa alusão aos 35 anos das empresas Real Café/Tristão, organizadora do concurso entre cafeicultores das montanhas capixabas. A participação dos municípios de São Roque do Canaã, Itarana e Ibatiba foi expressiva nesta edição.

Responsabilidade

“A novidade era o fator sustentabilidade, 40% da nota, valorizando o produtor que cuida da sua propriedade e do seu cafezal. O campeão chegou merecidamente em 1º lugar por esse critério”, disse Evair de Melo, coordenador do Prêmio Cafuso.

Os campeões Domingos e Edvaldo participam há três anos e reconhecem ser sinônimo de sucesso uma propriedade bem cuidada. “Muita emoção receber este prêmio. Vamos caprichar ainda mais”, declarou o pai. Com os R$ 20 mil, eles vão investir na propriedade e “curtir um pouco”.

O que autoridades no assunto disseram:

Valor

César Colnago- secretário de Estado da Agricultura

“Nós estamos nos modernizando, entendendo que mercado e consumidor estão cada vez mais exigentes. Estes concursos que buscam qualidade ajudam a disseminar novas técnicas, agregar novos conhecimentos para a nossa cafeicultura avançar. E ainda agregam valor, porque fazem diferença na venda”.

Renovação

Ênio Bergoli- presidente do Incaper

“O desafio é renovar lavouras de café arábica na Região Serrana, senão perderemos toda evolução de qualidade nos últimos dez anos. Entramos na rota do café especial para o mundo, mas por outro lado temos um conjunto bem significativo de lavouras envelhecidas, de variedades já ultrapassadas. Precisamos renovar as lavouras em nova base tecnológica”.

Evolução

Ricardo Ferraço- vice-governador

“Chamavam nosso café apenas pelo nome de Rio Zona, Rio Macaco… Hoje somos reconhecidos pelos cafés superiores, especiais, gourmet: dos piores do mundo para os grãos de mais alta qualidade”. (o vice-governador não estava presente e mandou um texto com este trecho, lido na cerimônia).

Participação

Marcelo Silveira Neto- diretor das empresas Real Café/Tristão

“Nós realizamos um evento como este na Bahia, onde a gente nota todos os anos os mesmos municípios participando. Este ano, aqui como lá, novos municípios sem tradição com café de qualidade ganhando os primeiros lugares”.

Diferença

Wagner Wakayama- presidente da Ueshima Coffee Company- UCC no Brasil

“As amostras tiveram um nível alto comparado ao ano passado. O apoio das prefeituras e da cooperativa contribui para isto. Café é café, mas de qualidade é outra coisa. Quem já está conosco já sabe essa diferença”.

Capricho

Ivan Caliman- presidente da Cooperativa dos Cafeicultores das Montanhas Capixabas (Pronova)

“A Pronova está fazendo o papel dela, ensinando os produtores a produzir qualidade. Falta capricho, olhar o café com carinho e se dedicar”.

Conheça os dez primeiros colocados:

1º- Domingos Sávio Lopes- Castelo

2º- Gilson Pim- Vargem Alta

3º- Luiz Pesca- Venda Nova do Imigrante

4º- Gilmar José Pim- Vargem Alta

5º- Jeremias Liettig Braga- Afonso Cláudio

6º- Luís Carlos Cecotti- Castelo

7º- Clarindo Brioschi- Venda Nova

8º- Edmar Buzato- Marechal Floriano

9º- Valdeir José Pena Cezati- Castelo

10º- José Evaldo Caliman- Venda Nova

* Veja imagens do evento na galeria de fotos deste site!

Confira mais Notícias

PH do SOLO

Venda Nova irá doar calcário, mudas de café e pupunha para produtores

Ruraltur

Empreendedores da região Serrana vão participar de feira nacional no MS

Veja os premiados no leilão de cafés tardios de Venda Nova

Incaper

Tecnologias ajudam agricultores na produção de cafés especiais e sustentáveis

Agricultura

Inscrições abertas para Concurso de Qualidade do Melhor Tomate de Mesa de Venda Nova

Crescimento

Exportações do agronegócio capixaba alcançam R$ 8,25 bilhões em dez meses

Prêmio

Conheça os finalistas do leilão de cafés tardios de qualidade de Venda Nova

Valor das aplicações de crédito rural no ES bate recorde nos quatro primeiros meses do plano safra 2023/2024