FMZ A Rádio
da Família

Dois aposentados são soterrados por barreira em Marechal

Além dos alagamentos nas ruas próximas dos rios e córregos no centro de Marechal Floriano, e deslizamentos de barreiras no perímetro urbano da cidade estradas vicinais e na BR-262, dois homens foram soterrados por uma barreira, no início da tarde desta quinta-feira e sofreram ferimentos.

Graças à ação rápida de moradores das imediações, os aposentados Antônio Santana e Geraldo Rodrigues da Silva foram salvos. Eles realizavam limpeza nos arredores da capela de Santa Rita, no Bairro Rua de Batatal, quando foram atingidos pela avalanche procedente de um barranco nas proximidades do local.

Um rapaz que estava próximo das vítimas gritou para os moradores que correram para as imediações da capela e ajudaram a socorrer os homens. Os dois foram retirados imediatamente da terra solta que os cobria e saíram conversando. Não havia pedras junto à terra que deslizou e isso, segundo os Bombeiros, evitou ferimentos mais graves.

Duas viaturas do Corpo de Bombeiros da Região Serrana chegaram ao local em poucos minutos, quando foram realizados os primeiros procedimentos para salvar os dois homens soterrados. A dona de casa Deonília da Penha Vidal, amiga dos aposentados, desmaiou quando viu Antônio Santana e Geraldo Rodrigues sob a terra barrenta.

Ela foi transportada por uma ambulância para o Pronto Atendimento (PA) da Secretaria de Saúde de Marechal Floriano. O médico Bernardo Ayres, que atendeu as vítimas, encaminhou Geraldo Rodrigues para o Hospital Doutor Arthur Gerhardt, para exames radiográficos.

Já Antônio Santana, que também foi soterrado, e Deonília, que desmaiou, permaneceram em observação médica na unidade de Marechal Floriano.

Chuva

Por volta das 15 horas as ruas de regiões mais baixos da cidade ainda estavam alagadas. Os córregos Batatal e Costa Pereira foram represados pelo leito do Braço Sul do Rio Jucu, comprometendo a vazão.

Os comerciantes da Rua Waldemar Mees mantiveram fechadas as portas dos estabelecimentos comerciais. O dono do Bar Tricolor, João Fischer disse que precisou tirar um dia de folga forçada. Não adiantava manter o estabelecimento aberto, já que os nossos clientes sempre chegaram caminhando, de carro ou bicicleta. De barco ainda não. disse sorridente.

Nesta quinta-feira, agentes da Defesa Civil Municipal, iniciaram os levantamentos dos prejuízos causados pelas chuvas torrenciais que caem ininterruptamente em Marechal Floriano. “Há casas que devem ser condenadas, como uma no Bairro Rua de Batatal onde o barranco cedeu sob os pilares. Ela ameaça cair a qualquer momento”, disse o coordenador Cleomir de Paula.

O comerciante Idmar Mees também precisou fechar a loja especializada em roupas infantis Kinder Modas. “Não havia motivo para manter as portas abertas. Aproveitei e dei folga para as funcionárias”, disse Idmar lamentando a situação.

“Deus e Santa Rita nos salvaram. Estávamos limpando o terreiro próximo da capela quando um grande amontoado de terra nos cobriu. Por sorte os moradores ouviram os gritos de socorro e correram. Imediatamente fomos retirados e salvos. Aos amigos, bombeiros, enfermeiros e médicos o nosso agradecimento”, disse Antônio Santana.

“Só não morremos porque não chegou o momento e Deus e Santa Rita colocaram as mãos sobre as nossas cabeças nos protegendo. Um poço mais terra seria o bastante para deixar-nos totalmente sob a terra barrenta que caiu quando limpávamos o terreiro da capela. Tive uma luxação na perna e segundo os médicos logo estarei bom. Um milagre”, afirmou.

* Fonte: Folha Vitória

Confira mais Notícias

Cidades

Prefeitura de Venda Nova abre acesso provisório à BR-262 devido à obra em galeira

Cidades

Prefeitura de Venda Nova elabora projeto de lei para regulamentar “hoteizinhos infantis”

Inscrições abertas para castração de cães e gatos em Venda Nova

Cidades

Governo do ES inaugura obras e anuncia novos investimentos em Marechal Floriano

Turismo

Pedra Azul é o segundo local mais acolhedor do Brasil

Emprego

ES cria mais de 34 mil novos postos de trabalho com carteira assinada em 2023

Cidades

Venda Nova intensifica ações contra a dengue

Chuvas

Galeria sobre o Rio Viçosa cede após chuvas em Venda Nova