FMZ A Rádio
da Família

Emprego: procura-se profissionais qualificados

* Por Leandro Fidelis

Todo mundo quer emprego, mas poucos currículos fazem a diferença na hora da seleção. Esta é a constatação da Agência de Desenvolvimento Municipal- ADM de Venda Nova diante do resultado do Programa “Agência de Emprego”. Dentre os cerca de 1.000 currículos cadastrados de 2005 a 2007, apenas 230 preenchem os requisitos exigidos pelas empresas da Região Serrana e da Grande Vitória.

Se antes a falta de vagas obrigava os moradores a procurarem emprego na capital, hoje aumentou o leque de possibilidades tanto para homens quanto para mulheres. Isto se deve em grande parte ao desenvolvimento dos empreendimentos turísticos e do comércio, que alocaram a mão-de-obra local nos últimos anos.

Todos os dias a ADM recebe candidatos, principalmente jovens. A agência criou um formulário padrão no qual o candidato delimita três áreas em que gostaria de atuar. A média é de 30 currículos cadastrados por mês.

“As empresas buscam a ADM como referência. Nosso currículo capta todas as informações necessárias para a seleção”, destaca Simone Brunelli Zandonadi, assistente administrativo. A empresa pode optar ainda pelos testes de seleção com psicólogo oferecido pela ADM para recrutar funcionários com o perfil desejado.

A falta de qualificação se percebe no grau de escolaridade dos candidatos às vagas. De acordo com Simone, a maioria dos empregadores exige no mínimo o ensino médio, enquanto surgem muitos candidatos com o ensino fundamental incompleto. “Candidatos com pouco estudo estão pleiteando vagas que exigem mais qualificação. Muitas vezes esse candidato nunca fez um curso ou parou de estudar cedo”, avalia.

Marcelo Dalfior, proprietário de uma gráfica em Venda Nova, há tempos procura alguém para trabalhar com informática. “Os currículos são sempre os mesmos, com curso de informática básico, e as pessoas querem se qualificar dentro da empresa. A vaga sempre existiu e são poucos que se encaixam nos nossos padrões”.

E se a desculpa do currículo incompatível é a falta de cursos, a própria ADM tem um calendário ao longo do ano. A uma taxa de R$ 50,00, os moradores podem participar de uma infinidade de cursos de curta duração com certificado do Sebrae. Até julho, a ADM promoverá um curso por mês (Veja abaixo).

Cursos da ADM em Venda Nova:

Março: 24 a 28- Gestão de Pessoas

Abril: 1º a 4- Técnicas para Negociações

Maio: 26 a 30- Administração Básica para Pequenas Empresas

Junho: 23 a 26- Marketing: Uma Estratégia de Vendas

Julho: 21 a 24- Análise e Planejamento Financeiro

•Os cursos são ministrados por instrutores contratados pelo Sebrae. Os participantes têm direito a certificado, apostila e lanche.

Contato: ADM- Agência de Desenvolvimento Municipal- Rua Catarina Zandonadi Busato- nº 56, Bairro São Pedro- Venda Nova.

Tel.: (28) 3546-1235 Cel.: (28) 9976-5760 E-mail.:admvni@uol.com.br

Leia ainda neste site: facilidade em consultar antecedente criminal tem transformado o serviço em item para seleção

Confira mais Notícias

Definido calendário do IPVA 2024 para o Espírito Santo

Governo do Espírito Santo anuncia pagamento de abono salarial em dezembro

Procon-ES alerta quanto às armadilhas do verão

Secretaria Estadual de Educação realiza processo seletivo para Cuidador

Nova espécie de planta é descoberta no Espírito Santo

Novos pároco e vigário da Paróquia São Pedro tomam posse em Venda Nova

Transportadores de cargas têm até dia 31 de janeiro para se tornarem MEI Caminhoneiro

Parque Estadual do Forno Grande recebe exposição fotográfica `Aves de Caetés´