FMZ A Rádio
da Família

Feira Espírito Madeira-Design de Origem 2024 em novembro

As Montanhas Capixabas estão prontas para receber empresários e público da cadeia madeireira de todo o Brasil para a segunda edição da Feira Espírito Madeira- Design de Origem 2024. A segunda edição  está agendada para os dias 07, 08 e 09 de novembro, no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman, o “Polentão”, em Venda Nova do Imigrante (ES), a “Capital Nacional do Agroturismo”. 

A região Serrana do Espírito Santo oferece uma oportunidade única de combinar negócios com turismo em um cenário de beleza natural incrível. Além de participar de uma feira de negócios inovadora, os visitantes poderão explorar os atrativos disponíveis. Saindo de Vitória, a cerca de 100 km, no caminho pela BR-262 é possível contemplar paisagens deslumbrantes como a Pedra Azul (Domingos Martins).

Doze quilômetros adiante, Venda Nova do Imigrante oferece um ambiente perfeito para o evento, conectando a floresta à cultura regional. A Espírito Madeira não só reúne a cadeia produtiva, mas também integra produtores locais de café, vinho, queijos, geleias, massas, socol e polenta, proporcionando uma experiência completa do estilo de vida local. 

O diretor-presidente do Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau (MCC&VB), Valdeir Nunes, destaca o potencial do Espírito Santo para o turismo nacional. “Nós estamos trabalhando para sermos reconhecidos. Recentemente, recebemos 12 operadoras de turismo do Brasil. A visão deles antes de vir aqui era uma. Achavam que não tínhamos uma estrutura e encontraram algo completamente diferente do que pensaram. O Espírito Santo está preparado para receber os turistas. Só que o brasileiro, muitas vezes, não sabe disso”.

O diretor-geral do Instituto Jones dos Santos Neves, Pablo Silva Lira, enfatiza o potencial turístico e de produção madeireira do Espírito Santo, uma das maiores do Brasil, com grandes indústrias no setor florestal e madeireiro, além de produtores locais ampliando seus negócios e inovando. “É um estado compacto, com 30 minutos, uma hora, você sai de um clima das praias, dos balneários, e consegue percorrer as rodovias e chegar no clima de montanhas. Então, tem esse potencial do mar e das montanhas. É bem diversificado o potencial turístico do Estado. Nesse período que a gente vem vivendo da Reforma Tributária, onde a cobrança do tributo deixa de ser do local de origem para o local de destino, o turismo é um fator que pode contrabalançar eventuais perdas que os municípios capixabas podem ter com a Reforma Tributária”, salienta Lira.

O evento

A Espírito Madeira 2024 promete superar o sucesso da edição anterior. Contará com uma estrutura ampliada para receber ainda mais expositores e visitantes. A Feira, realizada pelo MCC&VB com o apoio da Prefeitura de Venda Nova do Imigrante e da Câmara Setorial de Madeira e Móveis da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), destacará inovações sustentáveis na construção, florestas nativas plantadas, construções modulares, que utilizam madeira integrada com aço, vidro ou pedras ornamentais, e design de ponta.

Só para se ter ideia da importância da cadeia produtiva da madeira para o Espírito Santo, existem 726 empresas ativas nessa área no Estado, atualmente registradas como pessoas jurídicas no CTF/APP- Ibama. No setor de design, são 400 marcenarias em atividade no território capixaba e pelo menos 5.000 arquitetos atuantes.

O design e a arquitetura, essenciais na organização do uso da madeira, também ganharão destaque na Espírito Madeira 2024. Com assinatura da arquiteta Paulete Almeida, esta edição contará com uma mostra de arquitetura com diversos profissionais que trabalham com a madeira, enaltecendo a nobreza deste insumo. “Profissionais que desempenham papéis cruciais na promoção da sustentabilidade, estética, conforto e inovação na cadeia produtiva da madeira, contribuindo para o futuro sustentável da indústria da construção”, destaca Paula Maciel, uma das idealizadoras e organizadoras da Feira.

As marcenarias capixabas, reconhecidas em todo o país pela sua qualidade, vão poder negociar seus projetos e ainda poderão renovar seus pátios fabris com as melhores máquinas industriais e demais fornecedores. “A Espírito Madeira é a única feira de negócios do país que conecta a cadeia produtiva desde o produtor florestal até o móvel de alto padrão”, destaca Paula.

A edição anterior impactou mais de 10 mil pessoas, movimentando mais de R$26 milhões em negócios, evidenciando seu papel vital na promoção e impulsionamento da indústria da madeira no cenário nacional. O evento de estreia reuniu, em único espaço, todos os segmentos dessa cadeia, de ponta a ponta. Além disso, com 40 palestrantes e mais de 51 horas de programação, a Espírito Madeira encantou o público em geral com uma série de eventos, como as Olimpíadas da Madeira, e atrações culturais. 

Paula Maciel destaca que a Feira deste ano promete ampliar as conexões de negócios. “A Espírito Madeira promete ampliar as conexões de negócios e criar oportunidades singulares. A presença de madeireiras de Mato Grosso vai fortalecer o fornecimento de madeira nativa para nossos lojistas e indústrias do Espírito Santo. Teremos ainda um ambiente dedicado aos especificadores de madeira, onde diversas espécies exóticas, disponíveis no nosso Estado, serão apresentadas com riqueza de detalhes técnicos e usabilidade”.

Confira mais Notícias

Reuniões para elaboração da Lei Orçamentária Anual Venda Nova do Imigrante começam nesta semana

Moradores de Venda Nova do Imigrante vão às ruas pelo fim da violência contra a mulher

Conscientização

“Marcha para Elas”: Venda Nova realiza passeata em combate à violência contra a mulher nesta segunda (15)

Emprego

Confira as vagas de emprego em Venda Nova do Imigrante e região

Tempo

Ministério da Saúde alerta para baixas temperaturas no Sul

Cidades

Últimos dias para se inscrever no Concurso de Fotografia de Venda Nova

Venda Nova assina termo de concessão de imóvel para Polo de Segurança Pública

Fenecon 2024 vai agitar Conceição do Castelo e esperar atrair 25 mil pessoas