FMZ A Rádio
da Família

Gotardo novamente atrás das grades

•Por Leandro Fidelis

O ex-prefeito de Conceição do Castelo José Gotardo Spadeto foi preso hoje, por volta das 7h, com mandado expedido ontem pela juíza Priscilla Bazzarella de Oliveira. A partir das 4h30, policiais civis e militares escoltaram a casa do médico, próxima ao Posto Paraty.

Gotardo foi levado para a Penitenciária de Viana, na Grande Vitória. Como não havia vagas, a Justiça determinou seu retorno ainda pela manhã para Conceição, onde permanece em regime semi-aberto na Cadeia Pública. As informações são da Polícia Civil de Conceição.

Conforme a juíza informou no fax enviado à reportagem da FMZ, Gotardo foi preso acusado de incendiar o carro do também ex-prefeito Francischetto Amorim, em 13 de janeiro de 1997.

A sentença foi proferida em 22 de janeiro de 2004, mas só agora transitou em “julgado”, já que esgotaram-se todos os recursos admitidos por lei, disse a juíza. O cumprimento da pena de cinco anos está à disposição do Juízo das Execuções Penais da Vara Criminal de Viana.

O delegado de Conceição, Carlos Henrique Simões, disse que Gotardo permanecerá preso até sexta-feira. Pelo regime semi-aberto, o ex-prefeito só deve passar as noites na cadeia.

Ainda Gotardo

Ao ser preso hoje pela manhã, Gotardo afirmou aos policiais saber que o motivo era sua autoria no incêndio que destruiu o carro do prefeito Francischetto por motivos políticos, em 97.

No entanto, o ex-prefeito responde a outro processo na Comarca de Conceição por um crime ainda mais audacioso: ele é acusado de transformar o primeiro pavimento do Fórum da cidade em cinzas. O episódio foi em janeiro de 2002.

Naquele ano, ele assumiu a Prefeitura pela segunda vez. Meses depois, passou a administração municipal para a mãe, Teonília Spadeto, sua vice, para ocupar uma vaga na Câmara dos Deputados, mesma época do incêndio. Gotardo chegou a ser preso na Delegacia da Praia do Canto, em Vitória.

Segundo a Polícia Civil, os dois processos contra o ex-prefeito estão em recurso porque seu advogado recorreu na época. Isto explica a demora na prisão do acusado.

Há quatro anos, Gotardo trabalha no hospital de Lajinha (MG) e atende às terças-feiras em seu consultório particular em Conceição.

Confira mais Notícias

Polícia

PRF do ES realiza apreensões e prisões em Brejetuba e em outras três cidades

Polícia

Polícia Civil prende em flagrante suspeito de homicídio em Conceição de Castelo

Segurança

Polícia prende suspeitos de furtar fios de cobre em Venda Nova e Conceição do Castelo

Segurança

Janeiro de 2024 registra menor número de assassinatos em 28 anos no Espírito Santo

Polícia

Caminhões colidem, e motorista fica preso às ferragens da BR 262 em Conceição do Castelo

Polícia

Casal morre em acidente na BR 262 em Domingos Martins

Polícia

PM apreende grande quantidade de drogas em Alto Guandu, Afonso Cláudio

Homem acusado de homicídio e tentativa de estupro é detido pela PM em Domingos Martins