FMZ A Rádio
da Família

Laboratório de mudas expõe tecnologia em evento

•Por Leandro Fidelis

Inserir a Região Serrana do Espírito Santo no debate nacional sobre a inovação tecnológica e alertar os proprietários rurais para a necessidade de investimentos em novas tecnologias.

Este é o objetivo da 1ª Expo Biomudas- “Tecnologia e Desenvolvimento”, que o laboratório Biomudas e a Secretaria Municipal de Agricultura promovem amanhã (6), a partir das 15h, no ginásio de esportes de São João de Viçosa, Venda Nova.

O evento vai apresentar os principais programas e ações de organizações públicas ligadas à tecnologia e ao desenvolvimento, mobilizando os atores do agronegócio para parcerias entre as iniciativas pública e privada. São aguardadas mais de 250 pessoas.

Às 16h30, Marcos Athayde, gerente técnico do Biomudas, mostrará as ações do laboratório para 2008. Em seguida, às 17h, o reitor da Universidade Estadual Norte Fluminense- Uenf, Almy Júnior Cordeiro, falará de pesquisa e desenvolvimento.

Às 17h40, o secretário de Estado da Agricultura, César Colnago, vai expor os programas e ações da Secretaria. Na seqüência, às 18h20, Rogério Silveira de Queiroz mostrará os planos da Secretaria da Ciência e Tecnologia.

Encerrando, às 19h, Guilherme Henrique Pereira, de Brasília, apresentará as ações da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação, do Ministério da Ciência e Tecnologia.

Convênio

Durante a 1ª Expobiomudas, o laboratório firmará um convênio de apoio técnico-científico com a Uenf, de Campos (RJ). A parceria vai permitir suporte às pesquisas do mestrado e do doutorado e intercâmbio entre as duas instituições. Os projetos também vão abranger as faculdades locais.

Ainda no evento, serão lançados a pedra fundamental do novo laboratório e o site do Biomudas. A presença do secretário de Agricultura de Minas Gerais é aguardana solenidade.

Ao realizar o seminário, a sócia Madalena Delarmelina avalia que a empresa chega num momento de projeção nacional e internacional.

“Atendemos as regiões Norte de Minas e o Centro-Oeste e Nordeste do país. Exportamos tecnologia até para a França. Nosso diferencial está no trabalho sério desenvolvido há dez anos, prezando pela qualidade das mudas e oferecendo mais acesso ao produtor”, diz.

Agrônomo e mestre em fisiologia vegetal, o gerente Marco Athayde destaca a vocação do Biomudas para agente de desenvolvimento regional. “A Expobiomudas vem para culminar esta proposta. Eventos deste porte sempre acontecem nas grandes cidades, e não no interior”.

Ainda de acordo com Athayde, a Expobiomudas é um seminário com base de cientificidade, que vai mostrar a produção técnico-científica do interior. “Escolhemos São João para valorizar a comunidade onde estamos sediados”, enfatiza.

Tecnologia

O laboratório Biomudas utiliza tecnologia avançada e pessoal treinado em produzir mudas matrizes de morangueiro, abacaxi, banana e orquídeas através do processo de cultura de tecidos vegetais. As mudas são acompanhadas do Certificado Fitossanitário de Origem- CFO.

O Biomudas disponibiliza mudas em qualquer época do ano. No caso do morango, o laboratório participa da cadeia produtiva desde o final da década de 90. Cultivadas em viveiro, são produzidas, em média, 290 mudas/matriz.

Confira mais Notícias

PH do SOLO

Venda Nova irá doar calcário, mudas de café e pupunha para produtores

Ruraltur

Empreendedores da região Serrana vão participar de feira nacional no MS

Veja os premiados no leilão de cafés tardios de Venda Nova

Incaper

Tecnologias ajudam agricultores na produção de cafés especiais e sustentáveis

Agricultura

Inscrições abertas para Concurso de Qualidade do Melhor Tomate de Mesa de Venda Nova

Crescimento

Exportações do agronegócio capixaba alcançam R$ 8,25 bilhões em dez meses

Prêmio

Conheça os finalistas do leilão de cafés tardios de qualidade de Venda Nova

Valor das aplicações de crédito rural no ES bate recorde nos quatro primeiros meses do plano safra 2023/2024