FMZ A Rádio
da Família

Mandato de vereador de Venda Nova é cassado por unanimidade

O vereador de Venda Nova do Imigrante, Isael Bergamim (PMDB), foi o primeiro político capixaba que perdeu o mandato por infidelidade partidária. Nesta quarta-feira (05) o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julgou procedente o pedido de infidelidade partidária, por unanimidade. A partir de agora Isael não é mais vereador da cidade.

Seis juízes eleitorais votaram pela rejeição das três preliminares requisitadas pelo advogado do ex-vereador, Felipe Osório dos Santos, dentre elas a ofensa ao contraditório. Segundo o advogado, para tentar recuperar o cargo do ex-vereador será protocolado um Pedido de Reconciliação no TRE e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em até 48 horas, ou seja, até a próxima sexta-feira (07).

“Estamos nos sentindo injustiçados com o ocorrido. Não tivemos acesso a todos os documentos necessários, mas o que apresentamos foi contundente”, afirma o advogado e acrescenta que o ex-vereador não compareceu ao julgamento para não se sentir constrangido caso perdesse o mandato.

O advogado Osório também informou que os documentos estão no partido onde o requerido, no caso o ex-vereador Isael Bergamim, se desfilou, inviabilizando a retirada deles uma vez que o próprio partido, no caso PPS foi o solicitante da perda do mandato do parlamentar.

Depois de oito anos junto ao Partido Popular Socialista (PPS), Isael Bergamim se desligou da legenda em setembro de 2007. Segundo ele, a decisão foi tomada depois de divergências com o prefeito da cidade, que era presidente regional do partido.

Já no segundo mandato como vereador da cidade, Bergamim alega que deixou o PPS porque “não estava sendo convocado mais para as reuniões do partido” e também porque houve “algumas discussões públicas com o prefeito”. Eleito pelo distrito de Alto Caxixe, ele afirma que não estava mais conseguindo benefícios para a região.

O recurso que será protocolado ainda deixa no ar se o vereador voltará ao cargo ou não, mas segundo os próprios juizes eleitorais o prazo para que seja anunciado o suplente de Isael no partido deve sair em 10 dias.

* Fonte: Folha Vitória

Confira mais Notícias

Política

Situação eleitoral está irregular? Veja como resolver e participar das Eleições 2024

Política

Prefeitura de Venda Nova pede que Câmara Municipal desocupe espaço cedido em 60 dias

Finanças

Tribunal de Contas aprova sem ressalvas as contas de 2022 da Prefeitura de Venda Nova

Política

Vereadora suplente Lucielza do Nascimento Chieza toma posse na Câmara de Venda Nova

Política

Câmara aprova reajuste de R$ 100 no auxílio-alimentação de servidores de Venda Nova

Vereador Erivelto Uliana é o novo presidente da Câmara de Venda Nova do Imigrante

Vice-líder do Governo na Câmara defendeu aprovação de R$ 27,9 bilhões para aumentar auxílios sociais

Veja os números do 2º turno das eleições em Venda Nova do Imigrante