FMZ A Rádio
da Família

Obra de arte da natureza

* Por Leandro Fidelis

Seria um pé de taioba de fundo de quintal se não fosse um detalhe: na aba de suas folhas, aos poucos cresce a imagem de uma samambaia. O fenômeno foi registrado esta semana no bairro Providência, em Venda Nova.

O policial militar Paulo Borges conta que estava limpando o terreno para plantar milho e quiabo quando descobriu a folhagem diferente. “A marca estava menor na segunda-feira e foi crescendo para dentro da folha. Parece até pintura”.

Muitos curiosos já estiveram no local. O morador acredita que houve uma mistura entre a planta e as samambaias que brotam com a umidade do muro e chamou um técnico do Incaper para analisar. Ele garante que não usou produto químico no solo.

Mas o que intriga a vizinhança, para os especialistas pode ter fundamento científico. A partir das fotos enviadas pela reportagem da FMZ, a bióloga Alessandra Dardengo, que conclui um mestrado em produção vegetal em Campos (RJ), avalia que pode ser deficiência de algum nutriente no solo ou efeito de patógenos causadores de doenças como fungos, protozoários e bactérias.

“Talvez a taioba esteja contaminada com esses patógenos. O melhor procedimento é a coleta da folha para análise. Um engenheiro agrônomo também pode conhecer o problema”, explica Alessandra.

O agrônomo Edmar Celin acompanhou nossa reportagem. Ele levantou a hipótese de insolação ou até de mutação genética. “Não é comum doença em taioba”.

Confira mais Notícias

Definido calendário do IPVA 2024 para o Espírito Santo

Governo do Espírito Santo anuncia pagamento de abono salarial em dezembro

Procon-ES alerta quanto às armadilhas do verão

Secretaria Estadual de Educação realiza processo seletivo para Cuidador

Nova espécie de planta é descoberta no Espírito Santo

Novos pároco e vigário da Paróquia São Pedro tomam posse em Venda Nova

Transportadores de cargas têm até dia 31 de janeiro para se tornarem MEI Caminhoneiro

Parque Estadual do Forno Grande recebe exposição fotográfica `Aves de Caetés´