FMZ A Rádio
da Família

Orçamento aprovado em primeira votação

Depois de aprovadas as 17 emendas propostas pelos vereadores, a Câmara de Venda Nova votou em primeira votação o Projeto de Lei Nº 026/2007, que trata do Orçamento Municipal para o exercício de 2008. A aprovação unânime foi na manhã de ontem, numa sessão extraordinária convocada especialmente para este fim.

Já as emendas, votadas antes do projeto, não obtiveram a mesma unanimidade. A polêmica se concentrou na proposta de emenda Nº 01, que determina o limite de 15% do Orçamento Municipal para que o Executivo abra créditos adicionais suplementares. No texto original da proposta de emenda de um grupo de vereadores eram 10%, mas o relator da Comissão de Orçamento Alberto Falqueto- PDT, acompanhado por um membro, deu parecer para 15%. No exercício de 2007, a Administração tinha mobilidade de 30% e mantinha este percentual na proposta do Orçamento de 2008.

Devido somente esta proposta ser polêmica, os vereadores decidiram votá-la separadamente. O presidente da Câmara, o vereador Marco Grillo- PSDB, que só vota em caso de desempate, manifestou-se contrário à aprovação a emenda em que limita o percentual de mobilidade em 15%. Na sua opinião, o percentual deveria ser no mínimo 20%, a mesma opinião dos vereadores Chico Foletto- PSB e Gervásio Ambrosim- PP. Votam a favor da redução: Alberto Falqueto, Cloves de Souza- PSB, Isael Bergamim- PMDB, Luiz Brambila- PP e Valdir Dias- PMDB. Eunice Caliman- PV estava de licença, se recuperando de uma cirurgia.

Para o presidente da Câmara, o Executivo vai perder mobilidade e agilidade na hora que surgir boas oportunidades de investimento. Ele citou as obras de calçamento no bairro Vicente Zandonade e na Avenida Beira Rio e outras oriundas de recursos não previstos em orçamento, mas que exigiram contrapartida da Prefeitura. Sem esta mobilidade, a Prefeitura precisa lançar mão de mais exigências burocráticas e legais para carrear recursos.

Luiz Brambila fez contraponto dizendo que a redução não vai prejudicar projetos que aprovem obras e benefícios para a comunidade, pois todos com este fim serão aprovados na Câmara.

* Fonte: Site Câmara de Venda Nova do Imigrante

Confira mais Notícias

Política

Situação eleitoral está irregular? Veja como resolver e participar das Eleições 2024

Política

Prefeitura de Venda Nova pede que Câmara Municipal desocupe espaço cedido em 60 dias

Finanças

Tribunal de Contas aprova sem ressalvas as contas de 2022 da Prefeitura de Venda Nova

Política

Vereadora suplente Lucielza do Nascimento Chieza toma posse na Câmara de Venda Nova

Política

Câmara aprova reajuste de R$ 100 no auxílio-alimentação de servidores de Venda Nova

Vereador Erivelto Uliana é o novo presidente da Câmara de Venda Nova do Imigrante

Vice-líder do Governo na Câmara defendeu aprovação de R$ 27,9 bilhões para aumentar auxílios sociais

Veja os números do 2º turno das eleições em Venda Nova do Imigrante