FMZ A Rádio
da Família

Pai, mãe e filha são assassinados em Marechal Floriano

Uma família foi brutalmente assassinada na localidade de Rio Fundo, na Zona Rural de Marechal Floriano, Região Serrana do Estado. O crime aconteceu por volta das 5h deste domingo e terminou com a morte dos lavradores Carmelindo Rezende Alves, 33 anos, a mulher dele, Delza Büger Wagenmacher, 21 anos, e a filha do casal de apenas cinco anos, Delzimara Wagenmacher Rezende. Apenas o filho de dois anos de Carmelindo e Delza foi poupado.

O crime foi descoberto depois que vizinhos perceberam que havia fumaça na casa dos lavradores. O dono da propriedade, o agricultor Davi Fischer, 44 anos, foi chamado por um dos vizinhos e correu com a mulher para verificar o que havia acontecido. Ao chegar ao local do crime, a residência da família, viu a criança de dois anos chorando ao lado do corpo do pai. O menino foi o único sobrevivente.

O agricultor tentou entrar na casa para saber se havia mais vítimas, mas uma botija de gás explodiu. “As chamas ficaram muito altas e se eu entrasse iria me queimar também”. Em seguida, Fischer arrastou o corpo do lavrador para socorrê-lo, mas viu que ele já estava morto. Após controlarem o fogo, os vizinhos viram que dentro da casa estavam os corpos da lavradora e da filha, completamente carbonizados. O lavrador, que era meeiro do sítio de Davi Fischer, foi assassinado com um tiro no ouvido e estava caído na porta da residência.

Na tarde deste domingo, a polícia prendeu um homem de 46 anos, suspeito de ter participado do crime. Ele também é lavrador e teria discutido com Carmelindo Rezende Alves há poucos dias. Segundo a delegada Gracimeri Gavioto, responsável pelo plantão deste domingo na DHPP, na casa do suspeito a polícia encontrou jóias, máquinas fotográficas, além de outros materiais roubados. O suspeito foi levado por policiais militares para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, a DHPP em Vitória. Gracimeri Gavioto disse que, mesmo que os supeito não seja o autor do crime que terminou com a morte da família, ele será autuado por receptação de materiais roubados.

Crime chocou pela crueldade

Familiares e vizinhos das vítimas pareciam não acreditar na cena de horror que presenciaram na manhã deste domingo. A localidade de Rio Fundo é conhecida pela tranqüilidade do local. Segundo moradores, nunca foi registrado um crime com tamanha crueldade na região.

Até policiais militares ficaram surpresos com a crueldade do crime. Segundo o comandante da 6ª Companhia Independente de Marechal Floriano e Domingos Martins, capitão Marcelo Corrêa Muniz, a região é pequena e não há atuação de criminosos com freqüência nos dois municípios. “A região é de gente trabalhadora, honesta e não tenho conhecimento de que criminosos já tenham praticado esse tipo de ação por aqui”.

Peritos da Polícia Civil estiveram neste domingo pela manhã no local. O fogo foi controlado com a ajuda do Corpo de Bombeiros. As investigações serão coordenadas pelo delegado Lourenzo Pazolini, da Delegacia de Domingos Martins. Os corpos foram encaminhados para o Departamento Médico Legal, em Vitória.

* Fonte: Gazeta Online

Confira mais Notícias

Polícia

Polícia Civil de Venda Nova descobre arsenal que alimentava tráfico de armas na região Sul do ES

Polícia Civil

PC de Marechal Floriano conclui caso de tentativa de homicídio de bebê de 1 mês

ES-166

Duas pessoas morrem após caminhão tombar na Pedro Cola em Venda Nova

Polícia

Polícia Civil de Muniz Freire prende indivíduo apontado como autor de diversos crimes

Polícia

Polícia Civil Venda Nova do Imigrante prende suspeito de tráfico de drogas

Polícia

PRF resgata 11 trabalhadores em condição análoga à de escravo em Rio Bananal

Polícia

Polícia Civil divulga lista atualizada dos procurados do município de Venda Nova

Polícia

Homem investigado por estupro de vulnerável é preso por posse ilegal de arma de fogo em Piúma