FMZ A Rádio
da Família

Produção agrícola capixaba cresce 5,39% em 2022

 

A produção agrícola no Espírito Santo, no conjunto de 36 produtos de base agrícola, entre lavouras permanentes e temporárias, teve aumento no ano de 2022, em relação ao ano imediatamente anterior. As principais variações positivas que contribuíram significativamente no crescimento da produção foram para o café arábica (+45,62%), cana-de-açúcar (+7,67%), pimenta-do-reino (+6,17%) e tomate (+2,78%), que compensaram a queda na produção de coco (-14,07%), banana (-3,08%), mamão (-2,94%) e mandioca (-1,08%).

 

A área colhida expandiu em 3,94%, saindo de 578.947 hectares em 2021 para 601.778 hectares em 2022. As principais variações positivas que contribuíram na expansão da área, foram para pimenta-do-reino, que passou a ter 19.447 hectares (+6,17%), milho em grão, que passou a ter 15.624 hectares (+13,32%), seringueira, que passou a ter 11.031 hectares (+13,18%) e laranja, que passou a ter 1.817 hectares (+18,37%).

 

Com o levantamento dos dados, nota-se registros inéditos de culturas emergentes no Estado, como a soja, que, para 2022, teve 80 hectares de área colhida, 200 toneladas de produção, com produtividade média de 2,5 toneladas por hectare. A azeitona também é uma novidade, que teve registro de 30 hectares de área colhida, 6 toneladas de produção e produtividade de 200 quilos por hectare.

 

O abacate, que embora não seja emergente, tem ganhado proporções significantes e ampliado a produção. Em 2021, a fruta era cultivada em uma área de 918 hectares, com produção de 11.657 toneladas e produtividade média de 12,7 toneladas por hectare. Já em 2022, a área expandiu para 959 hectares (+4,47%), a produção foi de 24.991 toneladas (+114%) e a produtividade passou a ser de 26,1 toneladas por hectare (+114%).

 

Os dados mostram ainda o ranking do Espírito Santo na produção de algumas culturas em 2022. O Estado foi o maior produtor de café conilon, com 724.334 toneladas (67,06% da produção nacional), maior produtor de pimenta-do-reino, com 76.533 toneladas (59,53% da produção nacional) e maior produtor de mamão, com 426.616 toneladas (38,51%) da produção nacional, além do terceiro lugar na produção de cacau, com 11.703 toneladas. 

 

“As estatísticas oficiais comprovam que o Espírito Santo é pujante na produção agrícola. Conseguimos otimizar pequenos espaços para alcançar maior produtividade. Nota-se que o desempenho de 2022 foi satisfatório, mas estimamos que os próximos anos sejam ainda melhores. O Governo do Estado do Espírito Santo, por meio da Secretaria da Agricultura, tem trabalhado fortemente no planejamento de longo prazo para a agricultura, que visa ao desenvolvimento sustentável de todas as cadeias produtivas e seus arranjos no agronegócio, inclusive as culturas recém-chegadas no Estado, como soja, trigo e olivicultura. As metas são ousadas, mas exequíveis. Portanto, vamos trabalhar para alcançá-las, visando expandir ainda mais a agropecuária
capixaba”, comenta o secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli.

 

Os dados foram apurados pela Gerência de Dados e Análises, da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (GDN/Seag), a partir de dados originais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), considerando o levantamento da Pesquisa Pecuária Municipal (PAM).

 

Com informações da Secretaria Estadual de Agricultura.

Confira mais Notícias

Moradores de Venda Nova do Imigrante vão às ruas pelo fim da violência contra a mulher

Conscientização

“Marcha para Elas”: Venda Nova realiza passeata em combate à violência contra a mulher nesta segunda (15)

Emprego

Confira as vagas de emprego em Venda Nova do Imigrante e região

Tempo

Ministério da Saúde alerta para baixas temperaturas no Sul

Cidades

Últimos dias para se inscrever no Concurso de Fotografia de Venda Nova

Venda Nova assina termo de concessão de imóvel para Polo de Segurança Pública

Fenecon 2024 vai agitar Conceição do Castelo e esperar atrair 25 mil pessoas

Dom Luis Fernando celebra rito de dedicação do altar na Igreja de São João de Viçosa