FMZ A Rádio
da Família

Relatos de uma quase tragédia

•Por Leandro Fidelis

Treze vítimas do acidente envolvendo 63 pessoas ontem, em Afonso Cláudio, continuam internadas: nove no Hospital São Vicente de Paulo, o da cidade, e outras quatro na Grande Vitória. No caso mais grave, o estudante Marcos Júnior Silva, de 12 anos, passou por uma cirurgia no braço, hoje pela manhã, no São Lucas.

Passado o susto, as vítimas aos poucos voltam à rotina. As que se recuperam no São Vicente contaram em detalhes ao repórter da FMZ o episódio que quase terminou em tragédia. Todos são moradores da localidade de Santo Antônio, interior do município.

Felipe Marques da Silva (12), aluno da 5ª série da Escola Afonso Cláudio, lembra desde o momento em que o ônibus tombou no barranco. “O motorista perdeu o freio e o pneu soltou. Ele tentou controlar na pista, mas acabou capotando. Na primeira rolada, o teto saiu arrastando um colega. Minha reação foi puxar meus amigos para protegê-los”, conta o menino.

Ainda no soro, Giovana Gomes Stoffel, de 11, quer mais segurança para ir à escola. “Pensava que a gente fosse morrer. Só quero andar de ônibus se não for muito rápido. De qualquer jeito, tenho que estudar”.

No mesmo setor de pediatria do Hospital São Vicente, também se recuperam Wilson Júnior Ferreira Silva (7) e Jeniffer Freitas Coutinho (9), que pegaram o ônibus para ir ao médico.

A tia de Giovana, a lavradora Neuza Stoffel, disse que é uma prática comum dos moradores de Santo Antônio viajarem no mesmo ônibus dos estudantes. “A gente paga R$ 2,00 na ida para Afonso Cláudio. Há tempos o ônibus anda em péssimas condições”. Neuza ainda tinha o casal de filhos entre os passageiros. Ambos passam bem.

Já a lavradora Lira Nascimento tem uma filha, quatro netos e quatro sobrinhos que escaparam ilesos e acha que o motorista não teve culpa. “Todo mundo gostava de andar no ônibus. O motorista não deixava ninguém pra trás. O pessoal deve dar graças a Deus por não ter acontecido nada. Se tivesse que morrer, até ele teria morrido junto com os outros”.

Susto

O ônibus escolar transportava 63 pessoas, a maioria crianças, e caiu a uma altura de 10m em um barranco na rodovia ES-165, que liga Afonso Cláudio à BR-262. O acidente aconteceu por volta de 6h55, próximo à localidade de Cachoeira Bonita. Ninguém morreu.

Seis pessoas foram encaminhadas para hospitais da Grande Vitória para realizarem exames de tomografia, sendo a criança com fratura em um dos braços e uma senhora com suspeita de fratura na coluna: Marcos Junior da Silva (12 anos), Deltenira da Silva, Doraci Coutinho Motta (não sentia as pernas) e Juraci Balbina da Silva.

O ônibus possui 48 lugares mas, de acordo com a Polícia Militar, estaria transportando pessoas além da capacidade.

O motorista, Désio Breda, informou que a barra de direção do ônibus quebrou no momento em que ele fazia a curva da rodovia. O asfalto da via é novo, já que foi recentemente inaugurado, porém, não há sinalização como pintura na pista ou placas. No momento do acidente, não chovia em Afonso Cláudio.

Leia outras matérias sobre o acidente no link de notícias e veja fotos do ônibus destruído na galeria de fotos deste site!

Confira mais Notícias

Definido calendário do IPVA 2024 para o Espírito Santo

Governo do Espírito Santo anuncia pagamento de abono salarial em dezembro

Procon-ES alerta quanto às armadilhas do verão

Secretaria Estadual de Educação realiza processo seletivo para Cuidador

Nova espécie de planta é descoberta no Espírito Santo

Novos pároco e vigário da Paróquia São Pedro tomam posse em Venda Nova

Transportadores de cargas têm até dia 31 de janeiro para se tornarem MEI Caminhoneiro

Parque Estadual do Forno Grande recebe exposição fotográfica `Aves de Caetés´