FMZ A RÁDIO DA FAMÍLIA

Home Notícias Cultura

Cultura

29.06.2021


Paróquia São Pedro Apóstolo celebra o dia do padroeiro com missas nesta terça-feira (29)

Haverá missas às 16 horas (presencial) e às 19 horas (presencial e transmitida)

 

 

Redação FMZ

jornalismofmz@gmail.com

 

 

A Paróquia de Venda Nova do Imigrante celebra o dia de São Pedro Apóstolo, nesta terça-feira (29), com missas às 16 horas e às 17 horas. As duas celebrações ocorrerão na Igreja Matriz, sendo que a primeira será apenas presencial e a segunda presencial e transmitida pelo canal do Youtube da paróquia.

 

Ontem, segunda-feira (28), ocorreu o encerramento da novena do padroeiro que iniciou no último dia 20 de junho. Além das celebrações, a Paróquia mobilizou os fieis para a prática de um gesto concreto com doações de vários alimentos que serão doados às famílias que necessitam.

 

A devoção da população católica a São Pedro inicia-se ainda na Itália, antes mesmo da imigração dos italianos para o Brasil. Aqui, os imigrantes trouxeram a manifestação ao santo desde a primeira colonização em Alfredo Chaves, na localidade chamada de “São Pedro de Araguaya”, no final do século XIX. Posteriormente, com a vinda dos imigrantes e descendentes para a região de Venda Nova, a devoção a São Pedro acompanhou o grupo de famílias, tornado-se o padroeiro desta localidade. Os filhos e netos desses imigrantes também levaram a devoção ao Apóstolo de Cristo para o Norte do Estado, no município de Marilândia.

 

Solenidade mais antiga que o Natal

A solenidade de São Pedro e de São Paulo é uma das mais antigas da Igreja, sendo anterior até mesmo à comemoração do Natal. Já no século IV havia a tradição de, neste dia, celebrar três missas: a primeira na Basílica de São Pedro, no Vaticano; a segunda na Basílica de São Paulo fora dos muros e a terceira nas catacumbas de São Sebastião, onde as relíquias dos apóstolos ficaram escondidas para fugir da profanação nos tempos difíceis. São Pedro e São Paulo, juntos, fizeram ressoar a mensagem do Evangelho no mundo inteiro.

 

São Pedro nasceu em Betsaida, seu nome de nascimento era Simão, filho de Jonas e irmão de André. Os irmãos se tornaram discípulos de Jesus e mais tarde apóstolos. Eram pescadores, após o chamado de Jesus, Simão continuou sua profissão, mas agora como missão, porém não mais com redes de pesca e sim, pregando a Palavra de Deus.

 

Jesus deu a São Pedro a missão de ser líder da Igreja, disse a ele: “tu és pedra, e sobre essa pedra edificarei a minha igreja”. Após seguir Jesus por três anos, recebeu o poder do Espírito Santo em Pentecostes, dali Pedro se tornou um grande líder e reunia multidões em suas pregações.



Por pregar o Evangelho destemidamente, São Pedro foi preso várias vezes. Depois de evangelizar e animar a Igreja em vários lugares, Pedro foi para Roma. Lá, liderou a Igreja que sempre crescia, apesar das perseguições.


Assim, os romanos descobriram seu paradeiro, prenderam-no e condenaram-no à morte de cruz por ser o líder da Igreja de Jesus Cristo. No derradeiro momento, São Pedro pediu para ser crucificado de cabeça para baixo, por não se julgar digno de morrer como seu Mestre.


Seu pedido foi atendido e ele foi morto na região onde hoje é o Vaticano. Seus restos mortais estão no altar da Igreja de São Pedro em Roma. A festa de São Pedro é celebrada em 29 de junho.

 

São Paulo, cujo nome antes da conversão era Saulo ou Saul, era natural de Tarso. Recebeu educação esmerada “aos pés de Gamaliel”, um dos grandes mestres da Lei na época. Tornou-se fariseu zeloso, a ponto de perseguir e aprisionar os cristãos, sendo responsável pela morte de muitos deles.


Converteu-se à fé cristã no caminho de Damasco, quando o próprio Senhor Ressuscitado lhe apareceu e o chamou para o apostolado. Recebeu o batismo do Espírito Santo e preparou-se para o ministério.

 

Tornou-se um grande missionário e doutrinador, fundando muitas comunidades. De perseguidor passou a perseguido, sofreu muito pela fé e foi coroado com o martírio, sofrendo morte por decapitação. Escreveu treze Epístolas e ficou conhecido como o “Apóstolo dos gentios”.

 

A solenidade de São Pedro e de São Paulo é uma das mais antigas da Igreja, sendo anterior até mesmo à comemoração do Natal. Já no século IV havia a tradição de, neste dia, celebrar três missas: a primeira na Basílica de São Pedro, no Vaticano; a segunda na Basílica de São Paulo fora dos muros e a terceira nas catacumbas de São Sebastião, onde as relíquias dos apóstolos ficaram escondidas para fugir da profanação nos tempos difíceis. São Pedro e São Paulo, juntos, fizeram ressoar a mensagem do Evangelho no mundo inteiro.

 

 

 

 

 

Comentários Facebook


 

 


Facebook


Twitter


Clima

(28) 3546-3068

radiofmz@radiofmz.com.br

 

Av. Ângelo Altoé, 886 - Ed. Esmig - Sala 01 - Centro - CEP - 29375-000 - Venda Nova do Imigrante (ES)


© Rádio FMZ. Todos os direitos reservados.

Produção - Cadetudo Soluções Web