FMZ A Rádio
da Família

Transporte de grãos por via férrea é retomado

Acordo entre avicultores e suinocultores capixabas e a Companhia Vale do Rio Doce- CVRD reinicia o transporte de milho por via férrea. A Corretora Nacional de Mercados- CNM é a responsável pela operação do transporte. Apesar de duas reuniões realizadas com representantes do Governo do Estado, o acordo final para o início do transporte foi feito com os setores e a Vale.

O primeiro carregamento, com quatro mil toneladas de milho, foi embarcado em Uberlândia (MG) e está previsto para chegar no próximo dia 26 no Estado. A princípio ficou acordado o transporte até de 2008, sendo seis mil toneladas de grãos em janeiro e fevereiro e quatro mil no mês de março. Em fevereiro, representantes dos setores, da CVRD e da CNM se reunirão para fechar um contrato para o transporte de pelo menos três anos.

Para o presidente da Associação dos Avicultores do Estado do Espírito Santo- Aves, Antonio Venturini, é um sonho antigo do setor conseguir fazer o transporte de grãos através da rede ferroviária que corta o Estado.

“Desde 1974 tentamos transportar o milho e a soja por trem. O Porto de Tubarão exporta mais de três milhões de toneladas de grãos mensalmente. E nós, que estamos a menos de 100 Km do ponto de embarque desses produtos, não conseguimos comprar para o mercado interno. Esperamos perenizar esta operação, afirma Venturini.

A última tentativa de transporte de soja e milho através da malha férrea iniciou em novembro de 2006 e durou apenas cinco meses. De acordo com o representante da Corretora Nacional de Mercados, empresa responsável pela operação, José Renato Silva, só foi possível retomar o transporte porque a Vale reduziu os custos.

O representante de logística da Vale, Rodrigo Lima, informou que a empresa terá que fazer investimentos em compra de vagões e locomotivas para atender a demanda de transporte de milho e soja para abastecer os setores capixabas.

* Fonte: Assessoria AVES e ASES

Confira mais Notícias

PH do SOLO

Venda Nova irá doar calcário, mudas de café e pupunha para produtores

Ruraltur

Empreendedores da região Serrana vão participar de feira nacional no MS

Veja os premiados no leilão de cafés tardios de Venda Nova

Incaper

Tecnologias ajudam agricultores na produção de cafés especiais e sustentáveis

Agricultura

Inscrições abertas para Concurso de Qualidade do Melhor Tomate de Mesa de Venda Nova

Crescimento

Exportações do agronegócio capixaba alcançam R$ 8,25 bilhões em dez meses

Prêmio

Conheça os finalistas do leilão de cafés tardios de qualidade de Venda Nova

Valor das aplicações de crédito rural no ES bate recorde nos quatro primeiros meses do plano safra 2023/2024